Cabo Fiter Flex 0,6/1kV
pág. 01
 
 

São destinados às instalações gerais em eletrodutos ao ar livre (em bandejas, prateleiras ou suporte análogos), perfilados, espaços de construção, bem como sistemas subterrâneos do tipo: banco de dutos, diretamente enterrados, canaletas, etc.
Os cabos FITER FLEX atendem a todos os requisitos elétricos e não elétricos previstos na NBR 7286 e devem ser instalados conforme prescrições e recomendações da NBR 5410.

Performance e benefícios

Para maior facilidade de instalação, os cabos FITER FLEX multipolares têm cada fase identificada, através de numeração seqüencial.
A elevada estabilidade térmica da isolação termofixa permite sua utilização nas seguintes condições de temperatura no condutor:

  • Regime Permanente - 90°C
  • Regime de Sobrecarga - 130°C
  • Regime de Curto-circuito - 250°C

Devido à elevada temperatura de operação do condutor, obtida com a isolação termofixa, este tipo de cabo pode operar com uma maior capacidade de corrente, permitindo dessa forma a utilização de seções menores quando comparado a cabos com a isolação termoplástica convencional.
A cobertura de Cloreto de Polivinila (PVC), além de excelente resistência à abrasão e baixo coeficiente de atrito, permite ainda baixo custo, instalações simples e seguras, possuindo característica de não propagação e auto-extinção da chama, constatada pelo ensaio de resistência à chama, pela
NBR 6244.

Apresentação

FITER FLEX é a denominação dos cabos de energia da FICAP, com isolação termofixa e cobertura de Cloreto de Polivinila, unipolares ou multipolares, com característica extra flexível.

Características construtivas

  • Condutor
    De cobre, têmpera mole, com alta flexibilidade atendendo ao encordamento mínimo na classe 5, conforme NBR 5111 e NBR 6880
  • Isolação
    Os cabos FITER FLEX são isolados com composto termofixo para 90°C, atendendo aos requisitos físicos prescritos pela
    NBR 6251, com a designação EPR/B.
  • Cobertura
    Em Cloreto de Polivinila, na cor preta, atendendo aos requisitos físicos prescritos pela NBR 6251, para o tipo ST2.
    Nota: Nos cabos multipolares, quando necessário, é aplicado um enchimento de Cloreto de Polivinila (PVC).

Aplicações

São empregados como cabos de potência para instalações fixas, sendo recomendados em circuitos que exijam cabos de maior flexibilidade para circuitos de alimentação e distribuição de energia elétrica em edifícios residenciais, comerciais, industriais, subestações transformadoras, etc.


< Anterior